0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho

Cuidados visuais


Reconhecer problemas de visão

Miopia, hipermetropia, astigmatismo, entre outros:

quais são os problemas de visão e como podemos corrigi-los?

Astenopia

Como se manifesta a astenopia?

A astenopia, ou no seu nome mais comum, a fadiga ocular é caracterizada principalmente por cansaço constante, dores de cabeça e visão turva ou dupla, dor nos olhos, olhos vermelhos, irritados (secos ou lacrimejantes), aumento da sensibilidade à luz, dor no pescoço, ombros e/ou costas, dificuldade de concentração.

Como os olhos não são feitos para fixar um único ponto, que esteja próximo do indivíduo, durante longos períodos, eles ficam cansados e, através de ajustes imperceptíveis, microflutuações, o músculo interno do olho adapta-se para focar. Consequentemente os sintomas da fadiga ocular aparecem.

Quais são as causas da astenopia?

A astenopia é muitas vezes causada pelas falhas de visão (miopia, astigmatismo e hipermetropia) não corrigidas que podem provocar um esforço adicional no globo ocular.

É ainda causada por qualquer actividade que exija muito dos olhos, além da exposição a luzes fracas ou fortes, que também podem provocar a condição.

Com o avanço da tecnologia digital, grande parte dos casos de fadiga ocular está relacionado com o trabalho ou diversão, dado que a exposição a computadores, tablets e smartphones por demasiadas horas sem protecção ocular leva a esta condição também.

Neste momento estima-se que atinja cerca de 50% a 90% da população que trabalha com o computador e/ou outros suportes digitais.

Miopia

Como se manifesta a miopia?

As pessoas que sofrem de miopia têm uma visão desfocada dos objectos distantes, mas vêem os objectos próximos perfeitamente nítidos, normalmente causa cefaleias frontais e parietais.

Quais são as causas da miopia?

Existem várias causas para a miopia, sendo que a mais comum é originada por um globo ocular excessivamente alongado (miopia axial).

A luz incidente não recai sobre a retina, mas antes desta. Resultado: a visão torna-se desfocada. Em casos raros, pode originar miopia refractiva. Neste tipo de miopia, o comprimento do globo ocular é normal, mas a córnea ou o cristalino são demasiado curvados, e é por isso que a imagem não aparece sobre a retina, mas sim antes desta – sendo, assim, vista como desfocada.

Sabia que o termo “miopia” vem da palavra grega myops, que significa “rosto franzido”? Sem óculos, muitas pessoas míopes semicerram os olhos quando têm de olhar para longe para que consigam ver mais nitidamente – daí a expressão.

Hipermetropia

Como se manifesta a hipermetropia?

A visão de perto é cansativa para os olhos. As pessoas hipermétropes normalmente vêem os objectos próximos desfocados.

Passar muito tempo a ler, a fazer bricolage ou a olhar para um ecrã sem o auxílio de óculos pode, muitas vezes, provocar dores de cabeça. Embora as pessoas que sofrem de hipermetropia consigam ver nitidamente à distância, estas demoram algum tempo a ajustar a focagem entre objectos próximos e distantes.

Quais são as causas da hipermetropia?

A causa mais comum, é quase sempre genética e está relacionada com facto de o globo ocular ser muito curto (hipermetropia axial). Um olho hipermétrope relaxado não consegue reflectir objectos próximos sobre a retina, mas sim para além desta, o que faz com que pareçam desfocados.

A hipermetropia refractiva é muito mais rara: neste caso, o globo ocular apresenta um comprimento normal, mas a córnea ou o cristalino não são suficientemente curvos para permitir que os objectos a curta distância sejam vistos com nitidez. O mesmo acontece na ausência do cristalino no olho, o que pode ser genético, mas também pode ter sido causado por um acidente ou doença.

Astigmatismo

Como se manifesta o astigmatismo?

Os objectos próximos e distantes parecem distorcidos ou desfocados, os pormenores não são distinguidos e os pontos de luz assemelham-se a pequenas linhas ou barras. Muitas pessoas têm dificuldade em avaliar correctamente as distâncias.

Quais são as causas do astigmatismo?

O astigmatismo normalmente é genético. Quando a córnea apresenta curvaturas em diferentes direcções e com diversos graus de intensidade, a visão uniforme e sem distorções fica comprometida.

Na maior parte dos casos, o astigmatismo ocorre simultaneamente com a miopia ou a hipermetropia.

Presbiopia

Como se manifesta a presbiopia?

As letras pequenas tornam-se um enorme desafio e tem de segurar os textos à distância para que os consiga ler. Ler com pouca luz passa a ser uma tarefa muito exigente, os símbolos e os textos no ecrã do smartphone parecem desfocados e alternar entre objectos próximos e distantes torna-se cada vez mais difícil.

Embora os sintomas da presbiopia sejam semelhantes aos da hipermetropia, a primeira apenas afecta pessoas a partir dos 40 anos, que é quando os músculos oculares começam a envelhecer.

Algumas pessoas começam a notar sintomas mais cedo, outras mais tarde. Enquanto que a hipermetropia (e também a miopia) é quase sempre hereditária.

Quais são as causas da presbiopia?

A presbiopia ocorre com o envelhecimento natural do olho, normalmente a partir dos 40 anos: o cristalino perde elasticidade e, consequentemente, a capacidade de focar nitidamente os objectos a diferentes distâncias.

Isto torna a leitura, especialmente a curta distância, muito mais difícil.


Olá! Bem Vindo à Loja online da Maxivisão! Por aqui Olhamos por si!